Floor Q SFR zoom
Floor Q SFR image 1
Floor Q SFR image 2
Floor Q SFR image 3

Floor Q SFR

Argamassa vazada reforçada com fibra de alto desempenho

Floor Q SFR é uma argamassa plástica/fluida fluida, utilizável para reparações em pavimentos deteriorados, restauro e reforço estrutural de betão armado com maior ductilidade. A formulação contém cimentos ultrafinos de alta resistência, microssílicas com atividade pozolânica, agregados com curva granulométrica racional (0,1÷5,0 mm), aditivos especiais e fibras de aço carbono Readymesh MM-150. A morfologia particular desta fibra confere ao produto aplicado uma excepcional redução da retracção higrométrica, a dissipação de tensões em caso de tensões elevadas e uma elevada resistência à compressão e flexão-tracção. O produto é misturado com relações água/aglutinante muito baixas (< 0,32).
Componentes
Monocomponente
Aparência
Código aduaneiro
3824 5090

Solicitar informações sobre o produto

    Ao enviar, aceito a política de privacidade

    Certificações obtidas e Normas
    EN 13813EN 1504-3
    Linhas de pertencimento
    Linea prodotto Floor
    Linea prodotto Infratech
    Características e vantagens
    Onde é utilizado
    Como é utilizado
    Dados técnicos
    Avisos e precauções

    Floor Q SFR

    A formulação especial do Floor Q SFR permite uma reologia plástica fluida, sem sangramento e segregação, conferindo aos reparos realizados: resistência mecânica, energia de fratura, durabilidade excepcional e altíssima resistência químico-física. Floor Q SFR tem um tempo de trabalhabilidade de aproximadamente 120 minutos, após o qual é desencadeado o processo de presa seguido de endurecimento progressivo. A retração higrométrica é extremamente limitada, garantindo estabilidade volumétrica na restauração. As performances que tornam o Floor Q SFR único são:

    • resistência a tensões dinâmicas,
    • resistência à fadiga, energia de fratura, tenacidade e resistência à carga pós-falha,
    • resistência mecânica à compressão muito elevada (> 95 MPa aos 28 dias),
    • resistência mecânica à flexão muito elevada (> 14 MPa em 28 dias),
    • excelente durabilidade e resistência a ataques químicos.
    • Espessura mínima recomendada: 25 mm (pavimento) 50 mm (fundição em cofragem)

    Campos de aplicação

    O Floor Q SFR é utilizado em reforços estruturais e na reparação de pavimentos deteriorados com revestimentos caracterizados por elevado desempenho em termos de capacidade de deformação e resistência anti-fissuração. Os principais campos de aplicação são:

    • reparação de pavimentos industriais deteriorados com reconstrução da espessura do betão removido por fresagem (espessuras de aplicação clássicas de 25 a 50mm), transitabilidade permitida após aproximadamente 12-20 horas a partir da fundição e dirigibilidade permitida após 36-48 horas dependendo da temperatura ambiente de aplicação agir;
    • reparação de juntas de pisos industriais;
    • reforço de pisos com técnica de tampa extradosal de baixa espessura (espessura mínima 25 mm);
    • instalação e fixação de tampas de esgoto;
    • qualquer tipo de reparação e restauro estrutural realizado com peças fundidas na fôrma, como revestimento de pilares e vigas; neste caso a espessura máxima recomendada pode atingir os 60-100 mm (para espessuras superiores recomendamos a adição de Cascalho 6.10 com percentagens de adição que podem variar de 20 a 40%; nestes casos consulte o nosso serviço técnico para aconselhamento sobre a correta percentagens de adição);
    • regularização de suportes de pavimentos radiantes com acréscimos a partir de 25 mm

    Suportes permitidos
    Betão
    Tijolos
    Paredes mistas
    Paredes de pedra
    Paredes rochosas
    Preparação dos suportes

    O suporte deve ser preparado por escarificação mecânica ou hidroescarificável até uma profundidade não inferior a 5 mm. A escarificação do suporte é uma operação absolutamente necessária para garantir uma boa aderência do revestimento aplicado. No caso de suportes pouco rugosos, inserir conectores ou preparar a superfície com resinas epóxi para juntas de construção como Syntech RGS ou Syntech Pavisheer.
    No caso de remendos ou reparos localizados, cortar os contornos em ângulo reto com uma mangueira.
    O suporte não deve apresentar vestígios de óleos, graxas, detergentes, revestimentos protetores em geral ou outras substâncias que possam comprometer a aderência do rejunte ao suporte.
    O suporte deve estar saudável, limpo, áspero, sem partes quebradiças ou poeira (sucção em forte depressão com equipamento adequado de toda poeira e detritos) com resistência à tração > 1 N/mm2.
    Lavar a superfície com água pressurizada e saturar o suporte com água antes da aplicação, eliminando o excesso de água na superfície antes da aplicação do rejunte.


    Modo de uso

    • Temperaturas de aplicação: 5° ÷ 30° C.

    • É fortemente recomendado, tanto para uma mistura eficaz do reforço de fibras como para um ótimo desempenho das operações no canteiro de obras, a utilização de um misturador de eixo vertical com movimento planetário. Preste atenção, em todas as operações no canteiro de obras, ao teor de reforço de fibras metálicas abundantemente presente no produto pré-misturado, utilizando luvas de proteção individual adequadas.

    • MISTURA: misturar todo o conteúdo do saco com água potável na proporção de 11% - 12,5% referente ao peso total da argamassa (aproximadamente 2,75 - 3,13 litros por saco de 25 kg) até obter uma mistura homogênea. Tempo de mistura: aproximadamente 4 minutos com misturador de alta eficiência. • No caso de grandes espessuras, auxiliar a movimentação e compactação do rejunte com agulha vibratória sem ultrapassar o tempo de vibração (alguns segundos)

    Em aplicações em pisos e lajes industriais, nivelar a superfície com régua vibratória sobre gabaritos preparados. No caso de espessuras superiores a 50 mm, prever a inserção de telas eletrossoldadas ancoradas ao suporte com conectores metálicos em formato de “L” fixados em furos especiais resinados com Syntech Profix. Em lajes com vigas, prever o posicionamento de conectores metálicos nas vigas para a necessária colaboração estrutural
    As superfícies expostas aos agentes atmosféricos devem ser protegidas, após a aplicação, com lâminas de polietileno ou tratamentos anti-evaporação. Este último deve ser pulverizado sobre a superfície restaurada logo que se inicie a fase de endurecimento (no caso de restauro de pavimentos, aplicar tratamentos anti-evaporação apenas se não estiverem previstas outras aplicações protetoras ou estético-protetoras acima: contacte o nosso serviço técnico para aconselhamento sobre o método de proteção das superfícies mais adequadas e do tipo de produto que pode ser utilizado como composto de cura).
    Cubra com TNT úmido e uma lona impermeável assim que as superfícies puderem ser percorridas e mantenha as superfícies cobertas por pelo menos 24 horas.


    Métodos de aplicação
    Espátula
    Vazamento
    Colher de pedreiro
    Esquadro
    Agulha e borda reta vibratória
    Limpeza de ferramentas
    Água
    Características fundamentais
    Conservação
    Conservação: 12 meses
    Diâmetro máximo agregado
    Diâmetro máximo agregado: 5 mm
    Espessura máxima recomendada
    Espessura máxima recomendada: 25 cm
    Espessura mínima recomendada
    Espessura mínima recomendada: 10 mm
    Misturar com água
    Misturar com água: 11-13 %
    Não inflamável
    Não inflamável
    Pot-life
    Pot-life: 60 min
    Resistentes aos raios UV
    Resistentes aos raios UV
    Temperatura de uso
    Temperatura de uso: +5 / +35 °C
    Especificações técnicas

    Resistência à compressão aos 1 dia
    EN 12190

    > 50 N/mm²

    Resistência à compressão aos 7 dias
    EN 12190

    > 90 N/mm²

    Resistência à compressão aos 28 dias
    EN 12190

    > 105 N/mm²

    Resistência à flexão em 1 dia
    EN 196-1

    > 8 N/mm²

    Resistência à flexão aos 7 dias
    EN 196-1

    > 13 N/mm²

    Resistência à flexão aos 28 dias
    EN 196-1

    > 14 N/mm²

    Módulo elástico estático
    EN 13412

    32000 N/mm²

    Resistência ao desgaste
    UNI EN 13892-3

    0.8 cm³/50cm²

    Resistência à tração longitudinal

    4 N/mm²

    Medição da resistência à tração à flexão (limite de proporcionalidade, residual) fr 3 (abertura de 2,5 mm)
    EN 14651

    > 1 N/mm²

    Densidade
    UNI EN 1015-6

    2270 kg/m³

    Absorção capilar
    UNI EN 13057

    0.30 kg•h^0.5/m²

    Penetração de água sob pressão (5 bar durante 72 horas)
    UNI EN 12390-8

    < 5 mm

    Ligação de aderência
    UNI EN 1542

    > 2.5 N/mm²
    Consumo

    Aproximadamente 21 kg/m² de Floor Q SFR por cada centímetro de espessura a criar (aproximadamente 2100 kg por cada metro cúbico).

    Cores disponíveis
    Cinza
    Embalagens e dimensões
    Saco 25 kg
    Pallet: 50 x (Saco 25 kg)
    Armazenamento e conservação
    Armazenar o produto na sua embalagem original em ambiente fresco, seco e ao reparo do gelo e da luz do sol direta.
    Advertências
    As informações de carácter geral, bem como as indicações e as recomendações sobre a utilização deste produto referidas nesta ficha técnica e eventualmente prestadas verbalmente ou por escrito, correspondem ao estado actual do conhecimento científico e das melhores práticas.
    Os dados técnicos e de desempenho apresentados podem ter sido obtidos em ensaios laboratoriais efectuados num ambiente controlado e, como tal, podem diferir em função das condições efectivas de funcionamento.

    A Azichem Srl não assume qualquer tipo de responsabilidade decorrente de um desempenho inadequado com origem na utilização indevida do produto ou em defeitos resultantes de factores ou de elementos estranhos à sua qualidade, incluindo armazenamento inadequado.
    É da responsabilidade de quem tenciona utilizar o produto avaliar, previamente, a sua adequação à utilização prevista.

    As características técnicas e de desempenho constantes desta ficha técnica são periodicamente actualizadas. Para uma consulta em tempo real, aceda ao site: www.azichem.com. A data da revisão está mencionada no espaço ao lado. Esta edição anula e substitui as anteriores.

    Recorda-se que o utilizador deve tomar conhecimento das propriedades físicas e químicas, dos efeitos toxicológicos e das advertências de perigo, bem como consultar outras informações relacionadas com o transporte, o manuseamento, a armazenagem e a eliminação em segurança, mencionadas na Ficha de Dados de Segurança mais recente. Para mais informações, aceda ao site: www.azichem.com.
    É proibido depositar o produto e/ou a embalagem no ambiente.
    Documentação técnica
    Ficha técnica

    Solicitar informações sobre o produto

      Ao enviar, aceito a política de privacidade

      Copyright © 2024 All Rights Reserved
      Powered by Webplease
      magnifiercross